segunda-feira, 13 de abril de 2015

[Resenha #37] Anjos A Facção Iconoclasta - Wudson Silva

Bom dia amores meu.

Deixe antes de tudo eu explicar o motivo do meu sumiço.
Esse começo de ano para mim foi muuuuuuito corrido, então eu dei uma afastada do blog, mas não das leituras isso JAMAIS, o motivo do meu afastamento é que eu estava muito sobrecarregado, os meus dias passaram a ficar muito corrido, escola, curso, estudos,serviço, igreja, teatro entre outras coisas ocuparam muito do meu tempo, mas agora que eu consegui dar uma arrumada na minha ''agenda'' eu vou voltar com o blog, só o Vlog que eu ainda vou dar mais um tempo, e para inaugurar a primeira resenha que eu vou trazer para vocês é de ANJOS E A FACÇÃO ICONOCLASTA, aguardem que daqui alguns dias vem novidades por ai...




Sinopse:Para cada ação uma reação: o plano seguia conforme o combinado. Mas, por que no meio de uma investigação tão importante o detetive Clóvis teria ido tão longe investigar a morte de uma modesta catequista?
O que se passa em Anjos - o segredo de Judith, em síntese, representa uma armadilha contra o líder de uma perniciosa facção iconoclasta. A reação deste líder é a chave desta segunda aventura.
O livro inicia por narrar os dias que antecederam a investigação sobre a morte de Judith, a catequista, e continua após a partida do detetive Clóvis da cidade interiorana de Rio Vermelho.
Desta maneira, o livro anterior se passa em um lapso de tempo deste, que além de incluir as novas dificuldades investigativas devidas à intromissão dos inspetores externos Noêmia e César, revela novos aspectos da caótica filosofia angelical.
A principal abordagem de Anjos a facção iconoclasta refere-se às práticas de explodir imagens sagradas em igrejas católicas.
Mas Clóvis, o detetive que interpreta anjos, descobre a origem desta estranha tendência e se infiltra no audacioso e criativo fórum virtual de debates, o Art Forays, no qual enigmáticas mensagens são inseridas pelo grupo criminoso para indicar igrejas e métodos de detonação das esculturas religiosas que estas igrejas contenham.
O desafio é interpretar essas mensagens para, chegando antes, evitar que novas explosões acabem por deflagrar uma guerra religiosa, de proporções incalculáveis. Os católicos estão irados, e não estão mais dispostos a aceitar a profanação de seus templos e signos sagrados.





Resenha:

Gente esse é o segundo livro que eu leio do autor, ele é uma continuação do primeiro, da para ler esse livro primeiro e depois ler Anjos e o segredo de Judith, mas eu recomendo ler o livro um primeiro porque o livro dois contem alguns spoilers, esse segundo livro é simplesmente fantástico, esse livro foi escrito por uma mente de gênio. A forma que o Wudson Silva expõe os fatos é sensacional, podemos dizer que foi uma cartada de gênio.

A estoria toda começa quando um grupo de pessoas estão quebrando as imagens das igrejas católicas, e os católicos ficam todos desesperado esperando uma providencia com urgência da parte da policia e o principal suspeito é um pastor que em seu programa de televisão condena a pratica de adoração a ídolos (imagens)

O nosso prestigiado Clóvis e sua equipe composta pelo delegado Santiago e pelos detetives Cassiano, Joyce e Thadeu mais uma vez arrebentou, conseguindo se infiltrar no fórum em que a facção iconoclasta se comunicavam  e pegar as pistas para descobrir onde, quando e como seriam os próximos ataques, Clóvis também descobre uma imagem totalmente esquisita mas que continham muitas pistas.

E é através destas pistas que eles criam uma baita investigação, eu devo destacar nessa resenha também duas pessoas que foram de grande contribuição para o desenvolvimento do caso o César e a Noêmia, sinceramente no começo eu não me simpatizei muito com eles dois, principalmente com a Noêmia, mas no decorrer da estoria eu acabei dando uma amolecida e passei a gostar deles.

A  comunicação da facção iconoclasta dava se por forma de enigmas e pequenas pistas, esses enigmas continham onde, como e quando seriam os ataques, cara eu amava a parte dos enigmas gente o cérebro do Wudson Silva deve ter fervilhado para poder produzir esses enigmas, vou confessar uma coisa para vocês, mas abafa o caso, eu tentava decifrar os enigmas , mas infelizmente eu falhei em todas as tentativas afinal eu não sou o Clóvis e nem o César.

O Wudson formou enigmas muito bem elaborados, coisa de mestre .
O legal do livro do Wudson é que a estoria em nenhum, repito NENHUM momento se torna cansativa, a leitura fluía facilmente, diferente de alguns livros que para ler uma pagina você demora 5 minutos (exagero, é eu sei) eu admiro muito o modo que ele escreve .

Quem for ler o livro vai se surpreender muito com o final, eu não esperava um final como esse, o final vai deixar qualquer leitor que gosta de livros de mistérios boquiabertos.

Enquanto eu estava lendo o livro e fazendo as minhas investigações eu suspeitava que chefe da facção era uma pessoa, mas no final, a hora que eu descobri quem realmente era eu fiquei sem palavras, o autor conseguiu me enganar direitinho.

Preciso dizer uma coisa espero que vocês não levem a mal, no final do livro o Wudson destaca a realidade de algumas igrejas melhor dizendo pastores e família de pastores, eu sou evangélico mais muitas das vezes eu acabo não me conformando com a hipocrisia que existe nas famílias de pastores e que eles acabam levando essa hipocrisia para o púlpito da igreja, quero deixar bem claro aqui que não é todos os pastores mas apenas uma minoria que não tem um verdadeiro compromisso com Deus.

Para finalizar o livro é tudo de bom e eu recomendo a todos, aos que gostam e aos que não gostam de mistérios, espero que vocês leiam e me digam nos comentários o que vocês acharam.

Beijos e quarta tem mais.

15 comentários:

  1. Vini, queridooo!!!
    Que bom que conseguiste retornar à blogosfera! :)
    Estava com muita saudade de ti e das tuas opiniões. Espero que possamos voltar a fazer muitos projetos juntos.
    Sobre o livro, ainda não o li. Vou anotar aqui na wishlist.
    Beijo.
    Karina

    ResponderExcluir
  2. Olá =) Eu adoro esse tipo de história, ainda mais quando o autor consegue enganar o leitor e trazer um final inesperado haha Pelo visto o autor dessa história é mestre nisso. Achei o enredo bem interessante e fiquei curiosa para desvendar os elementos que você apontou. Com certeza darei uma chance à obra. Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Que bom que voltou, então, seja bem-vindo e desejo que consiga fazer as atividades de seu blog, pois é um espaço muito prazeroso! Quanto ao livro, não senti muito interesse, começando pela sinopse. Este trecho foi mais que suficiente para já ficar com o pé atrás "o detetive Clóvis teria ido tão longe investigar a morte de uma modesta catequista?" Para quem criou a sinopse, a força policial deve estar empenhada em investigar a morte de qualquer ser humano. De qualquer maneira, o enredo não me conquistou :(
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    A história parece bastante dinâmica e prender a atenção até o fim.
    Adoro livros investigativos e esse tem tudo para me agradar. Fiquei bastante curiosa para saber o que aconteceu e o que os detetives descobriram.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  5. Oii, como vai??
    Seja bem-vindo de voltaaaa, vai conseguir conciliar tudo sim!!
    De início o livro não me chamou atenção, a capa não favorece e nem a sinopse, mas sua resenha me deixou bem curiosa, principalmente por causa dos enigmas, que sempre me lembram muito Dan Brown (não tem como não lembrar) e como eu amo os livros dele, estou apta a ler este.
    Vou deixar anotado para quem sabe no futuro poder ler...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oláá
    Sua resenha está ótima, eu li o primeiro livro mas realmente não funcionou para mim, mas que bom que gostou, muito bom

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Se eu bem entendi, a série são de romances policiais. O problema é que parece focar muito da questões da imagens religiosas. Eu tive a impressão que o foca mais fica nessa parte.
    É que a capa e sinopse não ajudam muito.
    Se não fosse seus apontamentos, eu jamais acharia que esse livro tem algo de interessante.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Eu não sou fã de livros que giram apenas em torno de um mistério, pra mim tem que rolar um romance no meio para que o enredo me agrade totalmente, e isso não ficou claro pra mim se acontece ou não neste livro. Outra coisa que me incomodou foi esse lance com a igreja católica, gostaria de saber se isso é algo insignificante no livro ou se o autor aborda algo que gire em torno de crenças ou religião? É que por incrível que pareça, ando pegando livros que acabam me incomodando um pouco, pois tenho minhas crenças e normalmente eles vem batendo de frente com elas, e isso acaba tornando a leitura chata e forçada de uma certa maneira.

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não ele não aborda algo que gire em torno de crenças ou religião, ele faz menção da igreja católica no livro porque alguns santos estão sendo quebrados, ou seja um crime contra a igreja, o autor não se apega no decorrer da estoria a nenhuma religião, no livro nos vamos encontrar uma critica a alguns pastores, foi apenas isso que me incomodou um pouco e que eu fiz questão de expor minha opinião sobre esse ponto na resenha.
      Eu também to esses dias pegando alguns livros que estão dando umas alfinetadas nas minhas crenças, rsrs
      Espero ter ajudado, abraços.

      Excluir
  9. Nossa que livro instigante! eu não conhecia e parece que amaria de cara, tem algo parecido com os livros de Dan Brown, pela sua resenha achei bastante parecido, com certeza quer ler.
    http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá! Tudo bem?

    Confesso que a sinopse não me chamou nem um pouco atenção. Mas, a sua resenha e sua empolgação com a leitura, acabaram me empolgando também!

    Fico feliz que tenha voltado! :)

    Beijos e até!

    ResponderExcluir
  11. Ual, fascinante a proposta do livro! Trata de temas fortes e intrigantes que envolvem a vida e a sociedade. Especialmente por tocar no campo da religião me é interessante. Gosto de livros que tratam de tramas e mistérios presentes no âmbito religioso me instigam e seduzem facilmente.

    ResponderExcluir
  12. Oi Vinícius, tudo bem? Gostei da sua resenha, mas sou um pouco chata com livros de mistério e esse não me interessou muito... mas achei interessante o livro abordar o tema da religião.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  13. Olá Vinícius. Conhecendo teu blog agora. Seja bem-vindo de volta. Espero que consiga conciliar tudo sei como é difícil. Eu não sei se me prenderia muito na história. Gosto de mistérios, suspense. Mas não me chamou muito a atenção. Deixaria passar.

    Um abraço!
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  14. Oie Vinicius! :D
    Ainda não conhecia esse livro e nem o anterior, mas fiquei bastante empolgada para ler. Adoro ler livros com enigmas, fico me sentindo uma detetive! O.O

    Abraço e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir