segunda-feira, 25 de maio de 2015

[Resenha #38 ]- Fahrenheit 451 ( Ray Bradbury)



Bom dia gente, me desculpem mais uma vez pelo meu sumiço mas eu estava doente, dengue e infelizmente não consegui trazer nada para vocês, mas agora eu estou voltando e é pra valer \o/ .

E já tem novidade, se vocês perceberam o blog esta de cara nova, espero que vocês tenham gostado, e daqui alguns dias vem mais novidades por ai.
Mas vamos ao que interessa ''não que o que eu disse anteriormente não interessasse'' eu vou trazer hoje para vocês a resenha de FAHRENHEIT 451, gente que livro espetacular!!!


Voces já imaginaram se os livros no futuro não pudessem ser mais lidos e que quem tivesse livros teriam de queima los ou ir preso ?
E que os bombeiro nossos heróis da atualidade desempenhassem um novo papel, ao invés de apagar incêndios começar, e o pior incendiar livros, nossos amados e protegido livros ?



Fahrenheit 451 



Titulo: Fahrenheit 451
Autor: Ray Bradbury
Editora: Globo
Numero de Pag. : 209
Avaliação: 5/5
Sinopse:
Fahrenheit 451 - A obra de Bradbury descreve um governo totalitário, num futuro incerto mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instaladas em suas casas ou em praças ao ar livre. O livro conta a história de Guy Montag, que no início tem prazer com sua profissão de bombeiro, cuja função nessa sociedade imune a incêndios é queimar livros e tudo que diga respeito à leitura. Quando Montag conhece Clarisse McClellan, uma menina de dezesseis anos que reflete sobre o mundo à sua volta e que o instiga a fazer o mesmo, ele percebe o quanto tem sido infeliz no seu relacionamento com a esposa, Mildred. Ele passa a se sentir incomodado com sua profissão e descontente com a autoridade e com os cidadãos. A partir daí, o protagonista tenta mudar a sociedade e encontrar sua felicidade.

Pois bem, a estoria gira em torno desse triste futuro , o livro livro vai nos contar a estoria de Montag um bombeiro que ao conhecer Clarisse McClellan  ( considerada uma antissocial)  vê sua vida virada de pernas para o ar.

''Ele sentiu o corpo dividir-se em duas metades, uma quente, a outra fria, esta macia, aquela dura, uma tremula, a outra firme, uma oprimindo a outra''  (pag 45)

 O livro também vai nos apresentar Beatty que é o patrão de Montag, esse cara tinha medo da minoria de pessoas que liam ou escondiam algum livro afinal conhecimento é poder, e Mildred, que é esposa de Montag, dois seres que se eu pudesse eu matava :( :( :(  porque eu passei muita, mais muita raiva com eles durante a leitura.

Foto do Autor.
Nesse futuro a comunicação entre as pessoas era muito vaga assuntos que hoje para nos é de suma importância eles tratavam de uma forma toda diferente, a maioria das conversas giravam em torno de beleza, marcas de carros ou piscinas, também né não é de se espantar ter uma comunicação assim em um mundo sem livros.

Pessoas que gostavam de ler eram consideradas dementes, eles prezavam acima de tudo o prazer, posso dizer que até o amor acabou virando algo secundário.

Montag passa a não se conformar mais com tudo isso, ele passa tentar a entender o porque das coisas e não aceitar qualquer resposta passivamente, apos toda essa mudança a estoria vai nos apresentar Faber um ex professor de inglês que vira um grande amigo de Montag (ex não porque era aposentado, mas porque já não se tinha mais aulas de inglês)





''Faber examinou o rosto magro e o queixo azulado de Montag
-O que o abalou dessa forma ? O que arrancou a tocha de suas mãos?
-Não sei. Temos tudo de que precisamos para se felizes, mas não somos felizes. Alguma coisa esta faltando. Olhei em volta. A única coisa que tive certeza que havia  desaparecido eram os livros que queimei durante dez ou doze anos. Por isso achei que os livros poderiam ajudar.''   (Pag 109)

''Não se pode precisar o momento em que uma amizade se forma. Como ao encher gota a gota uma vasilha, há, no final uma gota que a faz transbordar, assim, também, em uma serie de gentilezas, há uma que, por fim, faz o coração transbordar.'' (Pag 97)

'' Vejamos ai algo que o autor no posfacio diz ser coincidência MONTAG era uma fabrica de papel e FABER é uma marca de lápis, eu não acredito que seja mera coincidência.''

Eu achei o livro bem interessante, o livro é dividido em três partes, a primeira eu achei um pouco devagar, para vocês terem ideia eu comecei a ler esse livros 4 veze mas como  sou brasileiro e não desisto nunca  na quarta vez eu comecei e não parei mais, já  a segunda e a terceira parte tinha um pouco mais de ação, e eu acabei gostando mais, enfim apos o termino esse livro virou um dos meus queridinhos.

Bom gente é isso espero que vocês tenham gostado, e não deixem de dar a opinião de vocês, beijos e até amanha :)


**Visite nossa pagina no facebook: LITERATURA PARA O SABER**



32 comentários:

  1. Oi, Vinicius! Se não fosse pela sua resenha, eu não saberia do que se trata esse livro. Ao meu ver, me parece muito com algum filme de ação daqueles que passam à noite na Globo, então eu não me interessei à primeira vista. Até que eu li sua resenha com calma e descobri qual é a história. Tô muito interessada agora! Pretendo dar uma lida nas primeiras páginas antes de comprar.
    Um beijinho,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Vinicius! Se não fosse pela sua resenha, eu não saberia do que se trata esse livro. Ao meu ver, me parece muito com algum filme de ação daqueles que passam à noite na Globo, então eu não me interessei à primeira vista. Até que eu li sua resenha com calma e descobri qual é a história. Tô muito interessada agora! Pretendo dar uma lida nas primeiras páginas antes de comprar.
    Um beijinho,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  3. Vi seu post e já pensei :OBAAAA!! sempre tive uma vontade louca de ler esse livro aí o emendei com Admirável Mundo Novo e passei umas três semanas meio maluca. Leitura incrível, imperdível e como você disse no começo pode dar uma cansada, mas vale muito e pena. A obra é um pouco menor em impacto ( eu acho) do que Admirável, mas é igualmente maravilhosa.
    Esses dias eu estava meio decepcionada com umas coisas que andei lendo e falei pra uma amiga: "Vontade de fazer a louca do Fahrenheit e queimar todos os meus livros"... profético talvez?
    Procure o filme no youtube, é bem legal também
    Beijos, sucesso e se cuida <3

    ResponderExcluir
  4. Olá! Que bom que você foi persistente e se surpreendeu com a obra haha =) Eu tenho muita vontade de ler esse livro, parece ser incrível. Além de ser um clássico, é uma distopia, gênero que está em alta ultimamente. Espero não me decepcionar com a leitura, pois as expectativas estão altas ;) Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi amigo lindo <3 que saudade de ver esse blog movimentado lol
    Que agora você não seja rebelde e volte para ficR lol
    Bom como sabe eu quero a muito tempo ler esse livro , porque ? Porque sim kkkk
    Já li muitas resenhas e vi pessoas falando maravilhosamente bem, agora o que nunca falaram foi desse inicio pouco movimentado.
    Fiquei receosa porque assim como você eu largo quando não é muito agitado.
    Mesmo assim, gostei bastante da resenha e das fotos :)
    Ficaram ótimas.
    Mil beijos e parabéns !!

    ResponderExcluir
  6. Vi pouca coisa a respeito deste livro, e mesmo assim sempre de forma positiva.
    Vou dar mais uma olhada nele, pois tinha esquecido.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  7. Já tinha visto esse livro, porém não tinha parado para ler sinopse, a sua resenha foi a primeira que li, porém esse gênero não é o meu favorito,
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem, espero que esteja melhor! Sobre o livro fiquei tensa ao ler já imaginou se isso acontece, meu Deus, bem curioso livro eu leria para saber mais, sua persistência na leitura rendeu! Bjkas

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Primeiro, desejo melhoras!
    Bom, um futuro sem livros seria o fim, não o mundo que quero deixar para meus filhos e netos...
    Conheço pessoas que acham que quem gosta de ler é demente heheheheheh infelizmente!
    Realmente o livro parece bem interessante como você disse. Nunca tinha visto, não recordo, mas é legal para o público jovem.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Vinicius,
    Comprei esse livro mês passado, ainda não li porque tenho outros na frente, mas estou ansiosa. Acho que Fahrenheit 451 é uma leitura obrigatória para todos que gostam de ler, tenho certeza que qualquer leitor vai se identificar. Eu comprei justo por causa de uma resenha que li e fiquei tão empolgada que precisei tê-lo em mãos para saber o que acontecia num mundo onde a leitura era proibida. Espero ler logo, já imagino que será um dos meu favoritos.
    Abraços,
    Duda - www.mylittlewonderland.com.br

    ResponderExcluir
  11. Fahrenheit 451 é um clássico distópico da ficção científica. Eu ainda não li, mas tenho ótimas referências sobre ele. E com sua resenha só aumentou mais minha vontade lê-lo.

    Beijos! E melhoras!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Nunca li esse livro, mas só de saber que é um clássico distópico já fiquei louco para ler, pois distopia é meu gênero favorito.
    Confesso que a capa não me agradou em nada, e que se não fosse pela sua resenha nunca leria o livro.
    Adorei a premissa.

    Abraços
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ola Vinicius que mundo triste esse todo controlado hein, Mas fiquei bem curiosa com a premissa dele, e o desenvolver da trama . Os protagonistas em sua resenha já tem destaque . Já anotei para ler. abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Vinicius!!
    Eu adorei o nome do livro, muito bem pensado, mas não sei se gostaria da historia em si... Não sou muito fã de distopia, apesar de ter dado umas chances para elas ultimamente e não ter me decepcionado, então, acho que daria uma chance para esse livro!!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
  15. Oláá
    Já ouvi falar muita na leitura e parece ser um livro bem interessante, gostei da sua resenha e espero poder ler o livro em breve,

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oie Vinícios!
    Sempre tive vontade de ler Fahrenheit 451. Toda resenha que vejo ou leio sobre ele, ele é muito recomendado!! Adorei a resenha!!
    Beijos

    www.notavelleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Hey! Tenho bastante vontade de ler esse livro, porém quero comprar numa versão que vi no submarino kkkkk Só que sempre que eu vou pra comprar paro e penso: Será? Sua resenha me deixou na dúvida se estou ou não na vibe de ler... Mas quem sabe? Haha
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro e pela campa jamais compraria, mas lendo sua resenha....uau demais mesmo gostei e já está na minha lista, bjus

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Ainda não li Fahrenheit 451, mas tenho muita vontade de comprá-lo e de realizar essa leitura pois já li várias resenhas positivas sobre esse livro e isso me deixa muito curiosa.
    A premissa dele é bem angustiante para mim pois não consigo pensar em um mundo onde os livros são queimados :/.
    Que bom que você deu uma chance ao livro e gostou :).

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá Vinicius.
    Adorei a resenha, está de parabéns.
    Fiquei super curiosa com esse livro. Adoro histórias assim, de repressão e de revolta.
    Gosto de ver quando as pessoas percebem o que há de errado em suas vidas e na sociedade e tentam mudá-las para melhor. Acho que esse livro apesar de se passar num futuro próximo, tem elementos do passado de nossa humanidade, como por exemplo na época do nazismo, onde alguns livros eram considerados proibidos e queimados em grandes fogueiras. A repressão e a busca de poder sempre esteve presente na história.
    Mas pela capa eu provavelmente não leria, mas depois de ler sua resenha, com certeza entrou na minha lista.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Talvez o futuro narrado no livro não esteja tão distante. Estamos rumando para um ponto que está cada vez mais explicito que os governantes desejam que todos sejamos analfabetos funcionais e políticos. O mundo já se viu com sociedades que queimaram livros, e não duvido que ainda queimem. Há tanta coisa entre Hitler e o Estado islâmico que não se pode duvidar nada. Especialmente com os conversadores invadindo os três poderes no nosso país. Enfim... Como o livro toca nesse assunto de autoritarismo ele já ganha pontos comigo. Adorei esse trecho que você destacou “Pessoas que gostavam de ler eram consideradas dementes, eles prezavam acima de tudo o prazer, posso dizer que até o amor acabou virando algo secundário.”. O livro tem tantos elementos que pra mim são reais que fico intrigado. Gostei bastante da proposta do livro.

    ResponderExcluir
  22. Nossa nem imagino isso
    Queimar meus livros
    Tenso esse livro viu rsrs
    Tu é corajoso por ler o livro 4 vezes e não desistiu, eu já tinha largado de mão rsrs
    Adorei sua resenha

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Vishhhh esses livros que a gente começa varias vezes e para kkk conheço kkkkkkk não é um genero que gosto muito mas até que parece valer a pena arriscar

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas não consigo imaginar um futuro sem livros.
    A maioria das pessoas da história se tornaram muito fúteis e superficiais né?
    Apesar de interessante, não leria o livro agora que sei que o início é lento.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  25. Oiee, tudo bem?

    Pena que o início é devagar. Já ouvi comentários a respeito desse livro. Confesso que eu não tentaria ler tantas vezes assim. Na segunda eu já desistiria. Mas a vantagem é que, no final, você aproveitou a leitura, que bom.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  26. Olá tudo bem?

    Ao mesmo tempo que a premissa despertou meu interesse também me desanimou um pouco. Na verdade nem sei se isso é possível (hahaha) ...e diante da sua opinião, acredito que não seria uma boa leitura pra mim nesse momento.

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
  27. Vi em uma lista por aí que esse livro é recomendado a estudantes de direito, mas me interessei tão pouco. :c
    Sou apaixonada por capas, e é uma pena que esta seja tão pouco elaborada...

    www.bonitapordentro.com

    ResponderExcluir
  28. Oi, tudo bem? Tenho muita curiosidade de ler esse livro, mas sempre acabo esquecendo dele. A premissa parece bastante diferente e intrigante. Gosto muito de literatura social e li muitos títulos, infelizmente. Gostei bastante da resenha, parabéns!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Olá Vinicius! É obvio que eu conhecia Fahrenheit 451, mas não fazia a mínima ideia sobre o que se tratava o livro.
    Não consigo imaginar um futuro sem livros, e muito menos um bombeiro colocando fogo em um :\
    Parece ser uma história mt surpreendente. Adorei a resenha, bejão!
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Gostei da resenha, o enredo me lembrou um pouco A Menina que Roubava Livros, com essa história de queimar os livros e tal. Achei interessante.

    luadeneon.com

    ResponderExcluir
  31. Oie, tudo bom?
    Sou muito curiosa para ler esse livro, pois ele é considerado o pai das distopias, um gênero que eu adoro. Bom, a premissa é instigante e que bom que você não desistiu da leitura.
    Beijos.
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Oiii, mas que droga... a dengue não ta perdoando ninguem mesmo hien?
    Eu queria te desejar melhoras...
    Sobre o livro agora gostei muito da sua resenha e sinceridade, mas não é o tipo de livro que eu leria... e você bem persistente hein? Conseguir ler depois da quarta vez? Num sou assim haha

    beijos Mayara
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir