quinta-feira, 21 de agosto de 2014

[RESENHA #22] Paraíso.





Autora: Deyse R. Nicoli
Editora Novo Século
Nº Páginas: 397
Avaliação 5/5
Sinopse: Está é a história de uma mulher como muitas outras. Marcada por suas tragédias pessoais, cansada, sem expectativas ou sonhos, Débora deixa sua família e parte em busca de uma nova vida. Sua fuga a levará a um lugar distante de tudo o que ela conhecia. Uma grande fazenda, localizada na pequena cidade de Vila Paraíso. O lugar a surpreende de diversas maneiras. A paisagem é de tirar o fôlego, o novo trabalho é tudo o que ela precisava, e as pessoas, a extensão de sua própria família. Tudo parecia perfeito, mas Marcos, um dos donos da fazenda, vai macular a perfeição desse Paraíso. Ele fará de tudo para afastar Débora de sua fazenda, transformando a tranquilidade de sua nova vida numa sucessão de acontecimentos surpreendentes e angustiantes. Os dois irão travar uma batalha visando proteger suas feridas e esconder as cicatrizes que carregam dentro de si. Porém, um poderoso sentimento surgirá entre eles, fazendo-os abandonar seus princípios e questionar sua própria sanidade. Poderá esse sentimento apagar todas as cicatrizes que eles carregam?




Paraíso foi uma leitura muito gostosa eu tinha acabado de ler um livro que eu não tinha gostado  e fui a procura de um outro livro para ler para ver se eu melhorava meus ânimos , confesso não sou muito fan de romances mas este livro me chamou muito a atenção, o livro conta a estória de Débora, uma professora que vai dar aula na grande fazenda Boa Vista que ficava em Vila Paraíso, Débora era uma mulher muito sofrida que estava na tentativa de fugir de seus problemas e curar suas feridas.

O lugar era um lugar muito acolhedor com inúmeras paisagens lindas.




Todos foram bem acolhedores com Débora na fazenda, quer dizer quase todos, menos Marcos que era um homem muito amargurado e turrão, que não gostava de dar braços a torcer a ninguém, sua beleza é caracterizada semelhante a de Hugh Jacckman.  ( Wolverine )


A partir da hora que Débora encontra Marcos, que para ser sincero foi um ''encontro'' muito atrapalhado, ela ficou encantada com ele, o que acabou acarretando alguns problemas.

Durante a narrativa o livro vai causando muitas duvidas sobre Marcos ele vai ou não ficar com Débora, porque Marcos era de lua uma hora ele tratava ela bem outra hora ele tratava ela mal não dava para entender muito bem ele pois ao mesmo tempo que ele parecia sentir amor parecia sentir ódio, mas ela não entendia o porque, afinal tudo tem um porque né!

Débora estava a procura da paz, mas acaba passando por varias adversidades antes de encontrar a tão querida PAZ, um dos aspectos que mais me chamou a atenção foi que a personagem não teve uma entrega imediata ao seu príncipe, teve toda aquela coisa da conquista primeiro, de um conhecer o outro. 

Débora desde o inicio teve muito apoio de Eva cunhada de Marcos, de Max e Léo irmãos de Marcos e principalmente de D. Carmem mãe de Marcos, não posso dizer o mesmo de Karla uma das empregadas da casa.

Sendo um livro que tem um romance com pequenas proporções de suspence, foi um livro que me conquistou desde a primeira página até a ultima, um livro repleto de surpresa que eu recomendo a todos .

3 comentários:

  1. Hey!

    Eu já sou do tipo que gosta de um bom romance, quando o "mocinho" lembra o Hugh Jackman então... Bom, cadê esse livro? Vou correndo comprar! Kkkkkkk gostei de saber que o romance não foi de uma hora pra outra, odeio quando isso acontece.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Vini, tudo bom?

    Nunca li nada da autora, mas só do protagonista lembrar o Hugh Jackman já me interessei. HAHAHAHAHAH Vou ficar de olho nele agora!

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  3. Bem interessante a pegada deste romance, confesso que não faz meu gênero mas minha esposa vai gostar, obrigado pela dica.

    Abraço,
    Diego de França
    Leitor Sagaz

    ResponderExcluir